domingo, 17 de agosto de 2014

Orvalho Borgeano...


Hoje me veio à lembrança a leitura da biografia de Jorge Luis Borges que fiz no ano de 2012 e dessa leitura duas belas passagens que ficaram em minha memória. Busquei o livro e vou transcrevê-las para vocês.
Abraço.
................................................................................
1 - Na dedicatória de determinado livro ele diz:

"...ofereço-lhe o cerne de mim que conservei, não sei como - o coração central que não lida com palavras, não trafica com sonhos e é imune ao tempo, à alegria, às adversidades..."
WILLIAMSON, Edwin. Borges - uma vida, São Paulo: Companhia das Letras, 2011, p.263.

2 - Citação de excerto do livro História da Eternidade:

"...Na paixão, a lembrança tende ao intemporal. Concentramos as alegrias de um passado numa única imagem; os poentes variadamente rubros que contemplo todas as tardes hão de ser, na recordação, um único poente."
WILLIAMSON, Edwin. Borges - uma vida, São Paulo: Companhia das Letras, 2011, p.264.

Nenhum comentário: