quarta-feira, 16 de julho de 2014

"Mas aí o amor chegou, desabou a sua paz, despediu seu desamor pra nunca mais..." - Vinicius de Moraes

Nota: As músicas, compostas por duas partes cada, são cantadas em contraponto, logo, é interessante ouvi-las mais de uma vez para acompanhar com as letras. 
Só um toque!
Danilo.



Veja você
(Toquinho / Vinícius de Moraes)
 

Veja você, eu que tanto cuidei minha paz
Tenho o peito doendo, sangrando de amor
Por demais
Agora eu sei a extensão da loucura que fiz
Eu que acordo cantando
Sem medo de ser infeliz


 Quem te viu e quem te vê, hein rapaz?
Você tinha era manias demais
Mas aí o amor chegou
Desabou a sua paz
Despediu seu desamor pra nunca mais
Algum dia você vai compreender
A extensão de todo bem que eu lhe fiz
E você há de dizer: Eu agora sou feliz
Quem te viu e quem te vê, hein rapaz?  



Mais um adeus
(Toquinho / Vinicius de Moraes)


 Mais um adeus
Uma separação
Outra vez, solidão
Outra vez, sofrimento
Mais um adeus
Que não pode esperar
 

O amor é uma agonia
Vem de noite, vai de dia
É uma alegria
E de repente
Uma vontade de chorar


 Olha, benzinho, cuidado
Com o seu resfriado
Não pegue sereno
Não tome gelado
O gim é um veneno
Cuidado, benzinho
Não beba demais
Se guarde para mim
A ausência é um sofrimento
E se tiver um momento
Me escreva um carinho
E mande o dinheiro
Pro apartamento
Porque o vencimento
Não é como eu:
Não pode esperar


 O amor é uma agonia
Vem de noite, vai de dia
É uma alegria
E de repente
Uma vontade de chorar

 Tonga Editora Musical LTDA

Nenhum comentário: