domingo, 25 de maio de 2014

É tão difícil para o sábio adquirir riquezas - como é difícil para o rico adquirir sabedoria...


Poema 81 - Sabedoria pelo desapego

Palavras verdadeiras não são lisonjeiras.
Palavras lisonjeiras não são verdadeiras.
O homem de bem não fala muito.
Quem fala muito não é homem de bem.
Homens sábios não são eruditos,
Homens eruditos não são sábios.

Quem trilha o caminho da perfeição
Não acumula tesouros.

Riqueza é para o sábio
O que ele faz pelos outros.

Quanto mais ele dá aos outros,
Tanto mais rico se torna.

Assim como de Tao brota a vida,
Assim age o sábio
Sem ferir ninguém.

Lao-Tsé
Tao Te Ching - São Paulo: Martin Claret, ed. 5ª, 2013, p. 148.

Nenhum comentário: