quarta-feira, 28 de novembro de 2012

"Top Five" do que li em 2012 e como começarei 2013...


Olá amigos,

Fim de ano chegando, tempo de fazer um review. E revendo o que li no ano de 2012, constatei que atingi minha meta que era ler um bocado... Como fazer um levantamento de tudo que li em 2012 seria algo desinteressante, fiz uma lista "top five" dos melhores livros jurídicos e não jurídicos (pois não é possível que haja criatura que sobreviva alienada apenas em literatura jurídica) em que mergulhei neste ano.

Inicialmente pensei em colocar a imagem da capa do livro junto ao nome, mas vi que era inviável pois o editor de postagens do blog sempre desconfigura, então, resolvi colocar apenas o nome do livro, autor, editora e fazer o link com a editora da obra. 

Os livros que seguem são muito bons, espero que despertem o interesse dos leitores em lê-los. Alfim, o livro que iniciarei 2013.

Abraços,

Danilo.

Top Five - Jurídico


Top Five - Não Jurídico


Obs. Ressalvo a quem se interessar por este livro do Dworkin, que ele ainda não foi publicado no Brasil, essa edição que estou remetendo é a edição portuguesa e está disponível no site da editora Almedina de Portugal. O meu está chegando aqui no Brasil esses dias... Abraços, Danilo.

4 comentários:

Dyego Phablo disse...

Prof., por falar em livros, comprei aqui em The com o Thompsom alguns livros muito bons e baratos (alguns serão lidos agora e outros em 2013). Alguns tiramos a cópia (aliás, somos estudantes né... rs), outros compramos o próprio livro por estar muito barato. Lá vai a lista: Teoria da Norma Jurídica (Bobbio), História do Direito no Brasil (Antonio Carlos Wolkmer), Teoria do Discurso e Correção Normativa do Direito (Ecio Oto Ramos Duarte) e Teoria do Direito Neoconstitucional, uma coletânea com artigos de vários autores (Orgs. Ecio Oto Ramos Duarte e Dimitri Dimoulis). E pra quebrar o gelo, um (um não, três em um) do Kafka: A metamorfose, Um artista da fome e Carta ao pai da editora (mãe) Martin Claret. Ah sim, mais dois (não lembro o título, porque estão com o Thompsom): sobre Direitos Humanos (Flavia Piovesan) e outro de Ética (Eduardo Bittar). Enfim. Era isso. Ah, e desses ai da sua lista, quero comprar o do Godoy. Só falta o money. Mas vou "tacar" aqui no cartão. Abraços.

Dyego Phablo disse...

Mas prometo que em 2013 vou aprofundar um pouco mais a leitura sobre Luis Alberto Warat. Em termos de teoria crítica do (e no) direito, creio se tratar de um dos mais importantes (quiça, o mais).
Enfim. Promessas. Mas quero cumpri-las. Rs.

Danilo N. Cruz disse...

Taca o cartão nesse negócio, afinal, dinheiro só serve pra gastar e passar troco...

Grande abraço,

Danilo.

Dyego Phablo disse...

Rsrs. Verdade. Prof., aceita la meu convite no email. Ja enviei.