sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Luta pelo direito de...

Sonhar

“se não nos deixam sonhar, não os deixaremos dormir”


Praça Puerto del Sol, marco zero da capital Madri.

 

Gritar 

“Porque há o direito ao grito. Então eu grito.”
A paixão segundo G.H.. 5ª ed. Rio de Janeiro: José Olympío, 1977, p. 33.

Um comentário:

Xad Camomila disse...

Pela transparência do Judiciário. Contra o corporativismo. Em defesa da Democracia.

EU APÓIO A MINISTRA ELIANA CALMON!

Deixe sua manifestação de apoio em: http://www.cnj.jus.br/fale-com-a-ouvidoria

Valeu, Danilo! Bjaum.