quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Fio d’Água - Helena Kolody

 

Fio d’Água

 ”Não quero ser o grande rio caudaloso
 Que figura nos mapas.

 Quero ser o cristalino fio d’água
 Que canta e murmura na mata silenciosa.”
 (in Sinfonia da Vida, Pólo Ed. do PR, 1997, p.28 e 29)

Nenhum comentário: