segunda-feira, 18 de abril de 2011

Ilusões da Vida



"Quem passou pela vida em branca nuvem,
E em plácido repouso adormeceu;
Quem não sentiu o frio da desgraça,
Quem passou pela vida e não sofreu;
Foi espectro de homem, não foi homem,
Só passou pela vida, não viveu."


Francisco Otaviano de Almeida Rosa
(Rio de Janeiro, 26 de junho de 1825 — Rio de Janeiro, 28 de junho de 1889),
foi um advogado, jornalista, diplomata, político e poeta brasileiro.

Nenhum comentário: