domingo, 9 de novembro de 2014

"Ser feliz é ser capaz de olhar para si mesmo. O medo exclui a felicidade e inclui a melancolia..." - 09/11/2014 - Salve os 70 anos de nascimento do "Anjo Torto" Torquato Neto.


  Nenhuma Dor
 Torquato Neto 

minha namorada tem segredos
tem nos olhos mil brinquedos
de magoar o meu amor
minha namorada muito amada
não entende quase nada
nunca vem de madrugada
procurar por onde estou
é preciso ó doce namorada
seguirmos firmes na estrada
que leva a nenhuma dor
minha doce e triste namorada
minha amada idolatrada
salve
salve
o nosso amor.





Poema de Natal (parte I)

(Com o perdão de Carlos Drummond de Andrade)

Faço que chuto as pedras do caminho
mas sei que elas persistem
ou se adiantam
e vão me esperar na frente
para que eu novamente faça que as chuto
ou chuto mesmo?
As pedras que eu chuto
(chuto?)
me encontram no caminho
e nunca me saúdam
ou dizem adeus.
Mas o caminho é longo.
E as pedras que me seguem
e que me esperam no auge do caminho
não me falam nunca
nada,
não trazem nunca mensagens
nem me contam aquelas coisas que me embalam.
As pedras que eu chuto
(chuto?)
se integraram já ao vento
ao pó 
à réstia de caminho
que é o caminho que eu trilho
assim,
assim.

(Fonte: KRUEL, Kenard. Torquato Neto ou a carne seca é servida. 2ª ed. Teresina: Zodiaco, 2008. p. 143.)

Nenhum comentário: