quarta-feira, 1 de julho de 2009

Altamente sem noção! - Lula aconselha ministra Ellen Gracie a estudar mais(...)

Publicada na coluna de Rodrigo Haidar - Colunista do CONJUR

Com a sua habitual sensibilidade semântica, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse, em entrevista ao jornal Zero Hora, de Porto Alegre, que a ministra Ellen Gracie não conseguiu a vaga de juíza na Organização Mundial de Comércio por falta de estudo. “Ela reconheceu, com muita gentileza, que deveria ter estudado mais”, disse. Solidário, o presidente incentivou a ministra a não perder as esperanças: “Ela é muito nova e não faltará oportunidade de estudar outras coisas”.

É... depois dessa... sei não...

Um comentário:

Anônimo disse...

Permissa venia, a sua excelência Lula da Silva, vem uma vez mais (a público) atestar a sua falta de sensibilidade e a sua obtusidade geral – ainda que pense ao contrário, ante o sistemático aplauso da caterva em geral.

Tal comentário, além de absolutamente dispensável e fantasioso, inócuo e inoportuno, em todos os sentidos, pretende pôr em cheque o destacado conhecimento de um dos mais competentes e discretos ministros (sejam homens ou mulheres) que já tiveram assento no judiciário brasileiro, para ludibriar o povo geral, haja vista que, tudo indica, os membros de seu governo de tudo fizeram para comprometer a candidatura da Ministra, talvez porque não tenha por base a sustentação sindical.

A propósito, se verdadeiras as notícias veiculadas nos meios informativos do País, o governo de sua Santa Sapiência muito trabalhou em desfavor da nomeação (eleição) da Ministra para o cargo junto a OMC.

Não obstante, a ministra continuará gozando da maior e melhor credibilidade de sua vastíssima e singular cultura jurídica, a merecer todos os elogios e distinções.

Enfim, a Ministra Ellen Grace nunca mereceu tamanha agressão verbal, ainda mais vinda de um torneiro mecânico, ainda que circunstancialmente presidente da república sindicalista do Brasil, cujo conhecimento nunca passou do mínimo e indispensável ao desenho do próprio nome.

O governo do senhor torneiro mecânico vem comprometendo todas as instituições republicanas do País, em favor do escuso interesse de grupelhos e de ditadores das Américas das bananas. Se tivesse um pouco mais de amor à pátria e de ciência de sua responsabilidade frente aos destinos do País e de seu bom nome, deveria (ao contrário) ter se empenhado na eleição da mais elegante e culta ministra do nosso tão desgastado Brasil.

Graças a Deus que o governo petista encaminha-se para o seu trágico, melancólico e desgastado final, e que nunca mais, permita o Criador, seja eleito novo membro daquele sindicato para o poder executivo.

De minha parte jamais votarei em qualquer dos nomes que a Sua Excelência indicar.

Críticas de Arpão