segunda-feira, 4 de maio de 2009

"A paixão pela lei não é desprezível. Só que não poderá ser monogâmica. É certo que as leis existem para ser cumpridas. Um dos flagelos deste País é, precisamente, o descumprimento constante, reiterado e, sobretudo, impune das leis. As leis existem para ser cumpridas. Mas é preciso pensá-las criticamente. É preciso ter a curiosidade de investigar a quem elas aproveitam, que objetivos visam, e buscar, quando seja o caso, por trás da lei, a justiça. Alguns dos grandes passos da história da humanidade resultaram de algum tipo de transgressão à ordem instituída. E, por isso mesmo, algumas vezes, é preciso ousar para além da lei."


Luis Roberto Barroso

Nenhum comentário: