domingo, 10 de fevereiro de 2008

O que estou lendo... Parte II / A guerra do Fidié - Abdias Neves

Este livro retrata a Batalha do Jenipapo, ocorrida em Campo Maior/PI a 13 de março de 1823, aparecendo em todo o esplendor o heroísmo indígena contra a dominação lusitana.
A Batalha do Jenipapo é na minha opinião a mais legítima batalha ocorrida em prol da independência do Brasil e que infelizmente é esquecida pela historiografia oficial.
Trata de uma narrativa minuciosa e documentada das lutas pela independência na província, desde o primeiro brado em Parnaíba/PI em 19 de outubro de 1822 até o cerco e rendição da vila de Caxias no Maranhão, com a prisão do comandante das forças portuguesas, Major João José da Cunha Fidié, remetido preso para Oeiras/PI e depois para o Rio de Janeiro/RJ, via Salvador/BA.
Na Guerra do Fidié, há páginas inesquecíveis como as que dizem respeito à psicologia do piauiense e do cearense. O primeiro, - "essencialmente firme nas convicções, constante nos hábitos e moderado nos impulsos". O segundo - "com a sua tendência migratória, sofrendo a fascinação das viagens, a ânsia de novo sol, de novas terras, de novas e estranhas paisagens", lutaram juntos, heroicamente, contra Fidié, pela independência da pátria, guardando cada qual, a refrega, as características de seu temperamento, um mais disciplinado, outro mais arrebatado, iguais, porém, no patriotismo e no amor à liberdade.

Nenhum comentário: